Saiba quais são as 3 fases da gripe infantil e como combatê-la

Sintomas da gripe
Publicado em: 27/04/2022 - 14:40:28
Imagem do post Saiba quais são as 3 fases da gripe infantil e como combatê-la

Com a chegada do clima frio e seco, vem junto o aumento de casos de gripe, tanto em adultos quanto em crianças. Para melhor combater a doença, é preciso saber quais são as fases da gripe infantil e como prevenir-se dela em qualquer mês do ano.

A gripe é transmitida pelo vírus influenza e suas variações, como o H1N1 e o H3N2. Estudos indicam que de 20 a 30% das crianças são infectadas pela influenza por ano¹. Outras pesquisas apontam que crianças saudáveis podem ter de 8 a 12 infecções respiratórias ao ano². Ou seja, esse é um fenômeno muito comum na infância.

Com o surgimento do coronavírus, que possui sintomas similares aos do vírus influenza, muitos pais e mães estão mais atentos às fases da gripe infantil, como fazer seu diagnóstico, prevenir e tratá-la. Entenda melhor como lidar com essa doença nas crianças.

As 3 fases da gripe infantil

Em geral, são três as fases da gripe infantil: o período de incubação do vírus, a fase sintomática e a recuperação.

1 - Transmissão e incubação do vírus

A principal maneira de transmissão da gripe é de pessoa para pessoa. Isso ocorre por meio de tosse, espirros ou fala que acabam por transmitir gotículas respiratórias com o vírus¹. Isso significa que, em geral, para haver a transmissão da gripe é preciso haver um contato próximo entre uma pessoa infectada e a criança sadia.

Também é possível pegar o vírus tocando em superfícies contaminadas com essas gotículas. Caso a criança toque nessa superfície e em seguida coloque a mão nas mucosas da face, como nariz, boca e olhos, é possível que ela seja infectada¹.

Após ter entrado em contato com o vírus influenza, seja por uma pessoa ou superfície contaminada, a criança ficará com o vírus incubado de um a quatro dias, sendo a média de dois¹.

Em geral, a transmissão do vírus por pessoas infectadas acontece um ou dois dias antes do início dos sintomas.

2 - Fase sintomática

Entre os principais sintomas na segunda fase da gripe infantil estão¹:

  1. Febre: é o sintoma mais característico da gripe em crianças. Ela tem início súbito, com temperatura acima de 37,8ºC. Em geral, começa a declinar no terceiro dia e se normaliza em até seis dias
  2. Sintomas respiratórios como: tosse, coriza, obstrução nasal, rouquidão e dor de garganta
  3. Outros sintomas frequentes são: calafrios, mal-estar geral, apatia, fadiga, cefaleia e dor muscular.

Entre as possíveis complicações da gripe⁴ que você deve estar atento estão:

  • Pneumonia bacteriana e por outros vírus
  • Sinusite
  • Otite
  • Desidratação
  • Piora das doenças crônicas.

Essas complicações podem ocorrer especialmente em crianças mais vulneráveis, como as que já têm doenças crônicas ou possuam outras condições de saúde específicas¹.

O diagnóstico da doença deve ser feito por meio de um médico, podendo ser clínico ou laboratorial⁴ :

  • Clínico: o diagnóstico depende de uma investigação clínico-epidemiológica e de um exame físico da criança
  • Laboratorial: é realizado um exame entre o 3º e 7º dia após o início dos sintomas.

3 - Recuperação

A maioria das crianças se recupera de 3 a 5 dias¹ a partir do início dos sintomas. Mas a gripe pode durar de 7 a 10 dias³ e a tosse e o mal-estar podem persistir por até duas semanas¹.

Aos poucos, a criança recupera a sua energia e disposição e os sintomas vão desaparecendo, especialmente a febre.

Apesar da recuperação relativamente rápida em casos onde não há nenhum tipo de complicação, as crianças transmitem o vírus de 7 a 10 dias ou mais a partir do momento da infecção e com maior carga viral¹.

Por isso é importante redobrar o cuidado com as crianças durante esse período para que elas não transmitam a doença para outras pessoas.

Como tratar a gripe infantil?

Como a gripe tem um quadro similar a outras infecções respiratórias virais, inclusive a Covid-19, é fundamental avisar um médico sobre os sintomas do seu filho e, caso necessário, realizar um exame.

O tratamento precoce da gripe feito com acompanhamento médico pode incluir o uso de antivirais, que ajudam a reduzir os sintomas da doença e ainda auxiliam a diminuir o risco de complicações¹.

Além de antivirais, o tratamento inclui muita hidratação e repouso. Para o alívio dos sintomas, podem ser utilizados analgésicos e antitérmicos, menos o ácido acetilsalicílico¹, mas sempre com orientação e indicação médica e nunca de maneira autodiagnosticada.

Como prevenir a gripe infantil?

Uma das principais dicas para prevenir a gripe infantil é vacinar os pequenos contra o vírus influenza. No Brasil, a vacina é priorizada para pessoas que possuem risco de complicações, entre elas estão as crianças de seis meses até cinco anos de idade⁴ .

Nesses casos, a primeira dose da vacina deve ser aplicada logo antes do inverno ou da estação chuvosa, dependendo da região do país em que se habita. Já a segunda dose deve ser aplicada de quatro a seis semanas depois.

Entre as principais indicações de prevenção da gripe, além da vacina, de acordo com o Ministério da Saúde⁴ estão :

  • Higienizar frequentemente as mãos, lavando-as com água e sabão ou utilizando álcool em gel
  • Evitar tocar mucosas dos olhos, nariz e boca
  • Usar lenço descartável para limpar o nariz
  • Cobrir nariz e boca ao espirrar e tossir
  • Manter ambientes bem ventilados
  • Evitar contato próximo com pessoas que estão com sintomas de gripe
  • Se possível, não sair de casa enquanto estiver no período de transmissão da doença
  • Evitar ambientes fechados e com aglomeração de pessoas
  • Estimular hábitos saudáveis nas crianças, como uma boa alimentação ou suplementação alimentar rica em vitaminas e minerais, que são fundamentais para o sistema imunológico
  • Incentivar a hidratação constante.

Como você deve ter percebido, muitas das maneiras de prevenir a gripe são iguais às da Covid-19. De acordo com especialistas entrevistados pelo Uol, o número de casos de gripe no Brasil diminuiu no último ano devido aos cuidados adotados na prevenção ao coronavírus. Isso prova a importância de seguir essas medidas.

Para lidar com alguns dos sintomas mais incômodos das fases da gripe infantil é possível utilizar o xarope Blumel Hedera, um remédio de origem natural com eficácia comprovada5 para tratar a tosse carregada das crianças, sem açúcares e corantes.

Esse xarope tem em sua fórmula um extrato seco de folhas de Hedera Helix, um planta que pode ser utilizada no tratamento de doenças do trato respiratório com muita formação de muco⁵.

Avalie com o seu médico de confiança a possibilidade de utilizar Blumel Hedera para melhorar o bem-estar e saúde do seu filho!

Blumel Hedera. Extrato seco de folhas de Hedera helix L. Indicações: expectorante e mucofluidificante em caso de tosse produtiva. MS 1.5584.0409. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Abril/2021.